Wednesday, 14 December 2016

PITUCA - a arteira



Postei neste blog, sobre uma cachorrinha que resgatei da rua e intitulei - A cachorra da escola - 10.06.2014. E desde então estamos juntas. Amo demais a Pituca, porém é muito arteira. Quando preciso sair e ela fica sozinha com a Elzinha, sempre apronta alguma coisa. Mas, no dia 11.12.2016 ela superou todas as artes! Foi a pior de todas! quando cheguei em casa, ela havia retirado o cartucho da impressora (booking) e esparramou pela casa, e como sempre, leva para cima de minha cama. Quando entrei em casa, demorei para assimilar o que era àquele rastros de gotas pretas. Imagine para limpar?



Ela já  "roubou" carne da mesa, mastigou dinheiro, destruiu pesos de porta, o qual ela leva para cima da cama e mastiga. Me recordo que um dia ao chegar em casa, vi um monte amarelo, em cima da cama e pensei ser cocô mole ou vômito, porém era areia do peso da porta, que apesar de muito pesado, ela colocou na cama. Geralmente quem faz "estragos" são filhotes, porém ela já tem 4 anos.
Apesar de ser atentada, não bato nela, pois ainda traz trauma da violência da rua.Então quando saio, procuro não deixar nada para ela destruir, mas nunca poderia imaginar que ela arrancaria o vidrinho da impressora. Veja só algumas fotos dos estragos:

Pituca, minha amorzinha
Peso da porta
Até o abajur e o chinelo foram destruidos


Além de arteira é curiosa...
Estragou o Happinho
Até caneta entrou na lista
Meu crochê

Sapatênis novinho
Rastro da tinta da impressora
video

No comments:

Post a Comment